quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Terremotos rolando! E eu no círculo de fogo do Pacífico!

Galerinha, to com uma política nova no Blogaum. Recebí umas críticas aqui e vou começar a fazer o seguinte: todo sábado vou postar um post com um diário da minha semana e em dias que me der inspeiração, como hoje, vou postar assuntos váriados.

Bom, vamos começar com esse que é o assunto do momento, terremotos. Com essa história de terremotos no Haiti, não poderia deixar de falar pra vcs como é a região que estou vivendo agora. A ideia de escrever sobre isso veio com a jeito que as pessoas de Arequipa ficaram chocadas com esse terremoto, sabem porque? Aqui é área de terremotos! Arequipa fica no zona conhecida como "Círculo de Fogo do Pacífico", a região mais instável do planeta! To alí na estrelinha amarela...






A geografia de Arequipa é formada basicamente por 3 vulcões, muito bonitos por sinal, o Misti, o Chachani e o Pichu-Pichu. O único que ainda mostra um pouco de atividadesm através de raras fumarolas é o Misti.


El Misti




El Chachani


El Pichu-Pichu

Bom, mas a razão das pessoas daqui ficarem chocadas, é que todas as nascidas antes de 2001 já passaram por um terremoto bem forte, e as mais antigas, por outro em 1949. Mas vamos falar de 2001, que segundo as pessoas daqui foi o mais forte.

Foi um terremoto de 8.4 na escala Richter, aconteceu em 23 de agosto (Sábado), ás 15:30. Globalmente foi o maior terremoto registrado de todos os tempos! Afetou os departamentos (estados) peruanos de Arequipa, Moquegua e Tacna.

O terremoto deixou um número de mortes de 240 pessoas, incluindo 26 que morreram como conseqüência do tsunami posterior, que também causou o desaparecimento de 70 pessoas. O baixo número de mortos foi ao menos, parcialmente, devido a que o tsunami afetou a maioria das cidades turísticas fora da temporada e aconteceu durante a maré baixa. Aproximadamente 2700 pessoas foram afetadas pelo terremoto, 17.500 casas foram destruídas e 35.550 danificadas diretamente nos arredores das cidades de Arequipa, Camaná, Moquegua e Tacna. O terremoto também foi sentido com grande intensidade no norte do Chile.

Em Arequipa, as imagens que mais impressionam é a queda das torres da Catedral:




 


Mas os danos aqui na cidade branca não foram tão grandes assim, as regiões que mais sofreram foram as de vale. As construções novas são juito fortes, e as históricas, feitas de cillar, uma rocha vulcanica (o nome de cidade branca vem por causa dessa pedra) aguenta bem os tremores também. O que é bastante comum aqui são os pequenos tremores, quando desenbarquei em Lima fui recebido com um  e na minha primeira noite aqui teve outro, mas eu estava dormindo.

Galera, não se preocupem comigo, vou estar sempre em prédios que tem esse selo:





Saudades do Brasil!!!!! Mas não quero ir embora ainda não!!!!!

Abraços e Beijos

Um comentário:

liamara disse...

estou muito preocupada com os terremotos. seu pai ja havia me falado que ai tb tem. e sua casa e perigosa? mostre fotos da sua familia dai que eu quero ver. bjos